Andei pensando em todas as pendências pessoais, dos sentimentos vivenciados antes durante e depois  da pressa,  da necessidade de voltar a algum lugar que nunca estive. Desse sentimento de vazio, mesmo estando rodeada de pessoas tão cheias. Saudade de um alguém que talvez nunca existiu... Saudade das minhas fantasias românticas, essas que são só minhas. E lembrei dos meus devaneios e de como eu tinha paz no nosso inicio, e o quão essa paz foi embora junto com o amor que sentíamos. 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo