OPOSTO não atrai, atordoa.


Não me venha com este clichê desordeiro de que os opostos se atraem, que você se apaixonou pelo cara porque ele é oposto de ti e isso esquenta uma relação, realmente irá esquentar, até o ponto em que o fogo da diferença vai te consumir por dentro e você vai deixar de ser quem tu és, seus gostos não serão mais seus, suas vontades não serão mais sua e, você, sei lá quem será.
Eaí os que não têm estilo próprio e consomem o do outro vão dizer, lá vem esta guria desmistificando meus clichês, não, quem sou eu, ou melhor, sou a guria que já amou o oposto e deixou de se amar, que teve que se esquecer para fazer dar certo e, isso não é amor que completa, mas que te seca por dentro. 
Então não me venha com esta, que os opostos se atraem, porque isso só funciona nas leis da Física e não do coração, pra depois ficar implorando por mudanças, afinal foi tu que optaste por entrar em uma relação onde a conta não bate, onde o 1+1 nunca vai dar dois nem a pau, porque você vai estar sempre oferecendo 120% e recebendo 70%, nesta hora que o desespero acontece e a vontade de ter alguém igual a ti vai bater na porta do seu coração. 
Eaí, e agora José?
Não que obrigatoriamente todo mundo é igual, não é, mas o que adianta entrar numa relação pensando: se eu deixar de gostar disso, talvez ele aprenda a gostar daquilo, se eu arrumar isso, aqui vai ficar bom. FODA-SE, eu quero mais é que esteja tudo bagunçado, um bagunçado que faça sentido aos dois, uma desordem que organize as gavetas da alma e que traga paz ao coração, não guerras. 
O amor que vale a pena é aquele que você olha nos olhos do outro e enxerga seu reflexo, que lê suas suplicas nas entrelinhas dos teus olhos, que escuta seu silêncio e, silencia sua voz com um beijo, é aquele amor da canção “até parece que você já tinha o meu manual de instruções”. O amor que atraí e não machuca é aquele que te faz ser você mesma, que orgulha-se por quem tu és, o resto é derivado e este sim pede MUDANÇAS. 

- Tati Zanella 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo