O melhor amor é aquele que me aproxima de mim mesma. É o espelho sem fraturas, sem distorções, é a minha expressão sem maquiagem. O melhor amor eu conheço com o Outro, mas este me traz de volta e eu consigo retornar plena. Porque há troca, não retaliações. E se algo angustia, o diálogo desfaz os nódulos da tensão. E me sinto leve em minha própria pele porque vejo o Outro sendo e estando ele feliz em sua própria pele. 
O melhor amor é estar em mim é ter um abraço que queira alcançar. E alcance. É ser alcançada mesmo quando eu me acelero, porque há ritmo e frequência: dentro do tempo de cada um, a sincronicidade nos faz próximos_ de mim, dele, de nós. 
O melhor amor é sintonia: um dia desejo de tudo, no outro cochilo, descanso junto. Ressonância magnética no olhar. Alegrias e tristezas que se amparam. Inteirezas que, mesmo distintas, compreendem amorosamente. E vivem pra comemorar.

Marla de Queiroz

Preciso, necessito URGENTEMENTE do livro da Marla. Aceitando de presente na pascoa. 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo