(...) Entregue-se...
Deixe eu fazer do seu corpo tudo que eu quero,
Deixa eu brincar...
Deixa essa menina boba satisfazer seus desejos 
E quem sabe fazer de dois corpos um.
Deixa, deixa...
Deixa eu perder os meus pudores e te mostrar o quanto eu posso ser ardente, perigosa.
Talvez assim nossos momentos sejam eternizados em nossos poros...
Bocas, mãos, vontades, desejos...(Ah desejos)
Nossos momentos insanos...
Teu corpo me absorve e nossas almas se tornam uma.
Pra sempre uma...
Pra sempre SUA.
Sempre!

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo