Ás vezes sinto uma angustia tão grande. Essa angustia é minha ou não? Alias, essa angustia é um personagem de mim mesma. Ensaio tantos personagens que há momentos que nem sei mais quem são reais ou figuras de uma menina que tem se tornado um algo desconhecido e cinza. Sinto de  vez em quando que sou um personagem de alguém que não sabe contracenar.Logo eu, que sempre esperei algo novo, pensamentos novos,caminhos novos. Tenho estado perdida em meio a tantas confusões de personagens. 
Será que sei verdadeiramente quem eu sou? 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo