A desordem é completa. O tempo arrancou qualquer certeza e a inquietação é extrema. Todos os sentimentos confortáveis do passado estão beirando o precipício e nada mais sacia como antes. Tudo nos condena ao risco, ao desconhecido. Tudo se rendeu ao caos, ao espontâneo...



Marla de Queiroz 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo