“Te amo mais uma vez esta noite, talvez nunca tenha cometido “euteamo” assim tantas seguidas vezes, mal cabendo no fato e no parco dos dias. (...) Por isso te amo agora como nunca antes. Eu te amo quantas vezes for sentido e só nesse motivo é que te amarei".


Elisa Lucinda

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo