Como se houvesse uma lucidez extrema os fatos, as fotos, os filmes rebobinados. Não há palavra sua que me comova, que remova minha convicção e o desinteresse. Páginas do teu diário sonoram tua derrota. Não quero mais estar contigo, constato. A trilha que compomos está deserta, as melodias machucadas. Não foram teus deslizes que me distanciaram de ti, mas a tua essência.
Marla de Queiroz

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo