“Não somos aquele casal de cinema, teatro, ou dos contos de fada. Brigamos todos os dias, e a noite sempre fazemos as pazes. Discordamos em tudo, não gostamos das mesmas coisas, encontramos dificuldades pelo caminho, e já tivemos aquelas crises em que pensamos que o término seria a melhor saída. Mas, o que importa mesmo é que temos o nosso amor, é que temos o nosso “pra sempre” guardadinho no peito! Então é como Los Hermanos diz, meu bem: E até quem me vê lendo o jornal, na fila do pão, sabe que eu te encontrei. E ninguém dirá que é tarde demais, que é tão diferente assim… Do nosso amor a gente é que sabe!” 

Identidade Poética

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo