❝ Parece que nada mudou, apesar de eu ter me transformado tanto nesses anos. Agora, estamos frente a frente e sinto meu coração derreter como derretia há anos. Me encontro em frangalhos, te encontro com o sorriso mais lindo que já vi. E me pergunto: até quando esse sentimento vai me perseguir?
— Clarissa Corrêa

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo