Que a gente continue a ter vontade, verdade, saudade. Que a gente continue a lutar, amar, se entregar. Que a gente aprenda a não desistir, enfraquecer e se queixar. Que a gente perceba que a poesia embeleza a vida, a alma e os olhos. Que a gente embale os versos, as frases e os sonhos.
Clarissa Corrêa 

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo