"Todo mundo já teve um amor. Ou quase. Porque amor mesmo não é assim, tão fácil, simples e básico, apesar de ser tudo isso e mais um muito. O amor é simples, é básico, mas de vez em quando usa roupa de gala. E ele é fácil, bem fácil, pois não tem mistério, nem é jogo de xadrez. Amor não é jogo, ninguém perde, empata ou é vencedor. Todo mundo se doa por opção, por querer. Na verdade amar é se ganhar de novo. Ao longo da vida a gente se perde, se encontra, se ama, desama, reama. E quando a gente encontra o amor, o amor mesmo, a gente se ganha mais uma vez.." 
Clarissa Corrêa

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo