E tantas historias estão sendo escrita por cima de pedaços, de cicatrizes que ainda não foram realmente cicatrizadas. Talvez  cicatrizes nunca  curem de verdade, ou talvez elas curem, mas em certos dias elas ainda  causem dor. E como dói tantas vezes... Dói quando lembramos... Dói quando vemos e dói mais ainda quando nós culpamos. Deveriamos ter uma especie de delete em nosso organismo, pra excluirmos tudo que causa dor e que nos atormenta. As vezes fantasmas  são tão  vivos.

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo