E segura minha mão, mesmo quando eu não merecer, mesmo com as birras e as crises de infantilidade.Segura e não larga, tá? As vezes sinto tanta necessidade de ti.

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo