Sou duas mulheres: Uma deseja ter toda alegria, a paixão, as aventuras que a vida pode me dar. A outra quer ser escrava de uma rotina, da vida familiar, das coisas  que podem ser planejadas e cumpridas. Sou dona de casa e a prostituta, ambas vivendo no mesmo corpo, e uma lutando contra a aoutra.
11 minutos, Paulo Coelho

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo