(Tão triste)
Não pergunte porque estou assim. Pois respostas não existem para esse sentimento, essa dor psicológica . Estou triste e pronto. Estou  extremamente deprimida e não quero contar e nem falar com ninguém. To meio perdida no caminho da minha vida. To chateada com a mulher que me tornei e com as atitudes que tive ao longo desses últimos anos.Hoje fiz uma reflexão  sobre a vida.(minha vida) E sabe o que descobrir? Descobrir que não sei mais quem sou. Não sei... hoje passei pelo perfil do orkut de um amigo querido e vi  uma frase ," Eu apenas me perdi em cada rio que tentei atravessar." E foi isso que aconteceu  comigo, eu me perdi, e não sei como me encontrar. As pessoas me enxergam tão melhor do que realmente sou. E eu fico aqui cheias de máscaras, fingindo o tempo todo ser alguém que algum dia fui.( E que nem sei se realmente fui )
A vida ta passando. A vida ta passando, a vida ta passando.
Enfim... Vou indo nessa confusão de certezas.
Nessas certezas "nada" absolutas. (relativas)

1 permitiram-se:

J. Diêgo de S. Gomes disse...

Tami,

não é recomendação nem muito mesmo diagnóstico.

Mas se você ler Eclesiastes, sentir o livro, você nunca mais será a mesma. Ou terá a mesma consciência do que é ser e sofrer as dores de existir.

Te amo, borboleta!

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo