Ele entrara em surto e o pai  o levava  de carro para a clinica  ali no Humaitá numa tarde  atravessada de brisas  e falou (depois de meses trancado no fundo escuro  de sua alma.)Pai, o vento no rosto é sonho, sabia?
Ferreira Gullar

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo