A alma insatisfeita não para. Anda, anda e jamais encontra seu lugar. Se escrevesse um só poema, a cada instante, necessário seria modificá-lo, pois sempre haveria dois excessos e uma escassez.
 Ira Buscacio

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo