E aquele seu “ TE AMO” bem ali...
Sussurrado no meu ouvido
Escorregando pelo meu pescoço
Descendo pelo meu ombro
Beijando...
... Meus seios
(meu mundo)
Arrepiando pela minha pele
Escorrendo suavemente
pelo meu ventre
Brincando no meu umbigo
Abrindo caminho...
Mexendo comigo
Invadindo meus meios
(meu tudo...)
Penetrando...
Preenchendo...
Minhas fendas
Minhas frestas
Minha vida...
Cris


(Saudade...)

2 permitiram-se:

Antonio José Rodrigues disse...

O poema e os textos, Tami, estão espetaculares. Beijos

Tami disse...

Meninooooooo,
Obrigada por sempre passar, sempre deixar se perfume no blog.
Obrigada de verdade!
Beijo

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo