Eu te amo todas as manhãs de acordar cedo E todas de acordar tarde... Eu te amo todas as vezes que brigamos E quando não brigamos mais ainda... Eu te amo todas as vezes que me beijas E quando não me beijas também... Eu te amo todas as noites quando deitas ao meu lado E quando demoras pra dormir também... Eu te amo sempre que te olho nos olhos Pois quando não me olhas, sinto-me perdido... Eu te amo sempre que sinto tua mão Pois se não me prendes, não sei ser livre... Eu te amo sempre que te perdoo, Pois quando erro, me perdoas também... Eu te amo sempre que acaba o dia Pois amanha é sempre mais um dia pra te amar... Eu te amo em todos os sempres, E te amarei sempre que houver vida...

André Gusmão

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo