Um desabafo:

Às vezes é preciso abrir mão de algumas coisas e eu decidi abrir mão de você. Eu sei que muitas pessoas irão me julgar irresponsavel, louca e sem juizo. Covarde, acho que seria o adjetivo mais apropriado. Fui covarde sim, por não lutar por você! Por não querer sentir todas as alegrias que você ia me proporcionar, por ter medo das mudanças que estavam acontecendo no meu corpo e na minha alma.Foi tudo tão incontrolável e eu tive tanto medo e me senti tão sozinha, mesmo assim você estava ali e me fazia ter sonhos tão fofinhos.Talvez você já até me amasse, por que quando me deitava eu sentia uma paz e uma sensação de plenitude.Era eu e você no escuro, e como eu sorria imaginando como você seria.
Mas eu decidi... Decidi que precisava continuar minha vida sem você, continuar a caminhar e nesse caminho não cabia você. Como explicar ao mundo que eu agora tinha um anjo.Como?
Me desculpe meu anjinho. Eu não tive coragem de te amar como acredito que você me amou. E no final das contas eu estou aqui com essa dor e sem você. Essa dor que me ensinou, que me faz querer ser alguém melhor, e que me fará suportar as dores que a vida ainda me dará.
Perdoi-me por não ter tido força e coragem pra te aceitar e te amar de maneira incondicional.

0 permitiram-se:

Postar um comentário

Entrem e fiquem avontade!
Coloquem aqui os seus devaneios e confissões...
BeijinhO,
Tami

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo